• by Graça Mestre

Despertar




Talvez tenhamos de nos preparar para o despertar!

Talvez, não!


A maioria de nós acredita que temos que nos preparar para o despertar, talvez isso nos tenha sido incutido por aqueles que foram o exemplo para nós ao longo desta vida ou talvez tivéssemos encontrado isso nas leituras daqueles a que chamamos “Mestres”, aqueles que de alguma forma, fizeram o caminho antes de nós e nos deixaram o seu legado. Se olharmos para trás podemos ver isso na maioria dos textos das Escolas de Mistério, das Ordens que foram criadas por seres mais ou menos “iluminados”, por todo o planeta. Talvez por isso o despertar seja algo raro de acontecer a quem inicia a busca pela verdade. Talvez a busca que é feita inicialmente, não seja uma verdadeira busca pela verdade mas uma busca ilusória, uma verdadeira viagem de ego. Talvez por isso leve tanto tempo até encontrarmos este “caminho” verdadeiro, o caminho onde, por exaustão, nos rendemos completamente. Mas essa exaustão não vem logo, leva o seu tempo, vem quando já não acreditas mais nas histórias que a mente cria, por teres tentado e tentado, em esforço, vezes sem conta e nada aconteceu. E não aconteceu porque não requer qualquer esforço, mas não podes perceber isso nessa fase. Então procuras e tentas todos os métodos que encontras e que te são possíveis e acessíveis e continuas nessa busca incansavelmente até que, se tiveres sorte, ao fim de duas ou três décadas de procura chegas finalmente à exaustão e é aí que tens a capacidade de escolher se queres desistir ou te render à Vida.


Para despertar é preciso parar, renderes-te à força de Vida que te anima e permitir ser por ela vivido, é preciso deixar que a Vida te viva. O momento chegará para ti quando a mente perder a sua força e quando já não quiseres perceber mentalmente o que acontece. Quando simplesmente confias e te entregas e para isto não tens que ter anos ou décadas de práticas meditativas ou espirituais, isso está aí sempre para ti, a cada momento.


Mas sim, essas práticas, quando bem direcionadas e quando permitem não alimentar a ilusão, podem ser uma ajuda preciosa na tua preparação para o despertar, mas não são imprescindíveis para tal. O despertar não é algo místico, espiritual, não requer qualquer crença, na verdade só despertas após te libertares de todas as crenças, sejam elas quais forem. As crenças só te prendem ainda mais na ilusão e enquanto não puderes ver isso, não estás preparado para despertar, estás preso, mais uma vez. Crenças vão substituindo outras crenças. Hoje acreditas na fada dos dentes e amanhã que és um enviado do Cristo Cósmico.


Não precisas de crer em nada para seres o que tu já és. É quando paras que a ilusão começa a estalar, quando te rendes e não queres mais nada, que a desconstrução do que chamamos realidade, se inicia. Nessa desconstrução tomas consciência de que o que és sempre esteve ai, aguardando que parasses. A desidentificarão com a ilusão criada pela mente vai aumentando até teres consciência de ti enquanto presença, enquanto existência para além dos níveis físicos e mentais.


À medida que avanças, aquilo que acreditavas como realidade vai-se desintegrando, concomitantemente o silêncio instala-se gradualmente. Aos poucos tomas consciência de que não existes como acreditavas, percebes que és NADA, e essa é a maior liberdade que alguma vez poderás sentir. Esse NADA é a pura consciência que tudo permeia no universo e sempre esteve aqui, não é algo que vai e vem, é estável, ilimitada e eterna. Não és uma gota desta consciência eterna, és a totalidade da consciência que tudo permeia, a todo o momento.


Quando te percebes como tal, sabes que nunca nasceste e nunca vais morrer, não há nascimento e morte para a consciência, há para o corpo, mas tu não és o corpo. O corpo é apenas o veículo usado nesta dimensão que permite à consciência se manifestar.


Estarás pronto para despertar, quando conhecer a verdade for o teu único caminho, quando te renderes totalmente para conhecer a verdade, quando não suportares mais a ilusão, quando nada mais for tão importante quanto saber quem realmente és.


Graça Mestre

74 views0 comments

Recent Posts

See All

O Amor