• by Graça Mestre

Consciência




Tu és consciência!


A consciência é auto-consciente como totalidade, como unicidade. A sua natureza é estar consciente de todos os pensamentos, emoções e sensações. Podes chamar-lhe Deus, Grande Espírito, Divino ou qualquer outro nome com que sintas ou procures unidade, não importa! O que importa é que tu és uno com essa consciência total e essa união é tudo o que existe.


Ser consciente é viver a não separação, é viver essa união com o todo a cada momento. Na verdade, tu não podes estar separado, nunca estiveste, tu apenas sentes que estás separado, mas isso é apenas ilusão.


Quando paras a busca de união com o divino, quando aquietas a mente, quando paras a identificação com as histórias que a tua mente cria a cada momento, prendendo-te na ilusão de que te falta algo, de que és menos que o divino e começas a contactar o silêncio que tu és, então tudo te é revelado. Quando paras de criar um caminho de volta para casa, percebes que isso era impossível porque tu estás em casa, sempre estiveste! Nunca houve separação! Tu és e sempre foste o Divino!


Não tens de fazer nada para isso, é algo natural em ti, como o bater do coração, só tens de parar de lutar contra quem tu realmente és. Quando paras de te identificar com as histórias criadas pela tua mente, começas a sentir que tu não és a mente, se ainda sentes que és alguma coisa separada desse estado de Divino, então não estás no ponto certo, estás à superfície desse vazio-eternidade, estás no ego, que te ilude e te dá uma identidade separada. É quando te permites mergulhar nesse vazio, quando te permites desaparecer enquanto individualidade, que te tornas NADA e esse é o ponto em que és presença não limitada, é o ponto em que te fundes com o Divino. É quando não sabes mais quem és, que és TUDO e não há mais qualquer divisão em ti. Então os teus pensamentos ou emoções não farão qualquer diferença, TU ÉS LIVRE. Não estás mais identificado com as histórias, apenas as vives como experiência que são. Então começas a sentir o AMOR emergir em ti e de ti transbordar e um sorriso floresce no teu rosto, refletindo a sabedoria de quem sabe que é uno com o todo. E não é saber que fazes parte da mesma consciência, é saber que não há outro. Percebes que tudo à tua volta é Divino e o teu olhar sobre a vida nunca mais será o mesmo.


Graça Mestre

93 views0 comments

Recent Posts

See All